CARA DE PAU x ABUSO DE AUTORIDADE – 21/10/16

cara-de-pau-x-abuso-de-autoridade

Meio sonolento estava em frente a TV soporífera…; de repente escuto uma voz que falava de três pilares, assim entendi, mas não entendi o 1º, mas somente, o segundo que me despertou imediatamente “luta contra a corrupção” dizia a voz, e a seguir “medida contra o abuso das autoridades”.

Aí, além do despertar audiofônico ocorreu um despertar visual, … de fato, totalmente desperto olho a TV e… caio em estrondosa gargalhada.  Quem estava fazendo as afirmações foi um gaiato com cara de bonzinho, o gaiato era o Presidente do Senado Renan Calheiros, daí claro se justificavam as gargalhadas “medidas contra o abuso das autoridades”.

Ele e seus colegas proporem medidas contra as autoridades que estão botando na cadeia trambiqueiros e farsantes sem distinção de gênero, filiação partidária, profissão, etc, etc.

O gaiato que estava me olhando através do écran e falava o que citei sem ficar vermelho (a minha TV é a cores…) é o mesmo que na calada de uma noite, junto com o Presidente do STF – Lewandowski; junto dizia, os dois Presidentes, autoridades sumas de dois dos três poderes da República, de noite e a socapa sem sua Excelência e povo saber, abusando abusadamente da autoridade que possuíam, conseguiram “fatiar” o artigo da Constituição que impunha o impeachment a então Presidente Dilma.

Com o fatiamento, Dilma Rousseff é declarada pelo Congresso, presidido pelo Presidente do Supremo, como “criminosa”. E, esta criminosa declarada, pode, pela ação das sumas Autoridades: Congresso e Supremo Tribunal Federal, pode concorrer a cargos públicos.

Isso sim foi abuso de autoridade e o gaiato, querendo “medidas contra o abuso de autoridade” nem ficou vermelho. Como já disse a TV que possuo é a cores e teria detectado qualquer grau de vermelhidão.

Não o captando, quer dizer que, ou a minha TV está com defeito ou esta Autoridade Abusada, está tão acostumada a proferir barbaridades que nem o mais leve vermelhidão perpassa o seu rosto angélico.

Lema do dia, parafraseando, o lema petrolífero de cerca meio século atrás:

O LAVA JATO É NOSSO.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *