EXTRA EXTRA – SER MINISTRO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL É BICO – 5/4/18

extra-extra

Zé Ninguém, e dez milhões de telespectadores testemunharam que, na sessão inicial de março que deveria (deveria sim) julgar o habeas corpus preventivo do ex metalúrgico e ex presidente LILS (Luiz Inácio Lula da Silva) estavam na sessão plenária do STF em caráter provisório.

Muitos deles já tinham compromisso maiores aos quais não podiam faltar… e não faltaram; a sessão, por espanto dos 10.000.000 de telespectadores e do Zé Ninguém… foi encerrada e retomada o dia depois… não! Dois ou três dias depois… não! Somente 14 dias depois.

… e no depois, outra cena interessante.

Tendo um dos Ministros, compromisso particular no exterior, pediu, e foi atendido, votar primeiro; votou, falou as suas bobagens costumeiras e lá se foi para a terrinha, aos seus afazeres e as comilanças costumeiras do Portugal.

EXTRA EXTRA

Nem tudo está perdido.

A justificativa do voto do Ministro Barroso, deveria ser lido em todas as escolas do Brasil, não só, deveria ser lido no Congresso, estudado pelo Governo Federal e governos estaduais e colocado nos quadros de aviso de todas as prefeituras do país, nos quarteis, inclusive do corpo de bombeiro, nos Tribunais, nas igrejas, seja as verdadeiras, que as “caça níqueis”.

Enfim, deve ser não somente conhecido, mas analisado e comentado, mas principalmente acatado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *