FACHIN … OH… FACHIN – 19/9/17

Fachin

O Ministro do Supremo Tribunal Federal, Dr. Edson Fachin, foi rápido, dias atrás em pedir a prisão dos irmãos Metralha, mais conhecidos pela certidão de nascimento como Joesley e Wesley Batista.

Na realidade ordenou a prisão somente de 50% dessa irmandade… mas é um bom começo.

Reparei que não ordenou a prisão de um ex procurador, bem falado… prisão que ocorrerá seguramente a seguir. Junto a detenção de 50% da irmandade inclui-se um “alto executivo” da quadrilha.

Tudo bem?

Não, não está, ainda, tudo bem.

A rapidez desta ação, após uma gravação da IBGE (Irmãos Batista Gravações Exclusivas) teria, no entender obscuro do Zé Ninguém a afoiteza, em aceitar e homologar a primeira edição (talvez segunda) da gravação do IBGE no estúdio locado nos porões do Palácio do Jaburu, com o atual Presidente Michel Temer.

Não tenho nada contra ou a favor do Temer, aliás me corrijo, tenho contras e tenho a favor.

Contra

  1. Era do PMDB abomino 7,35% mais do que o PT. Explico, o PT metia a cara para apanhar; o PMDB não.
  2. Era da Chapa Dilma-Temer, votada por 54 milhões de iludidos. Abomino.
  3. Chapa eleita com mentira, somente desmascaradas a posteriori.

A favor

  1. Assumiu a Presidência com escopo de terminar a sua carreira política fazendo algo, sim, impopular mas benéfico ao País.
  2. Sinalizou, durante a Vice Presidência um certo desacordo com Dilma (seria por questões de repartição do butim…?).
  3. Por ser do mesmo naipe da maioria dos deputados eleitos. Sabia como… (e como…!) “negociar” com a cambada toda.

Enfim, jogar o Presidente na cadeia?

Sim pode, com a condição inalienável de jogar contemporaneamente pelo menos 400 deputados (300 picaretas, como definidos por Lula + 100 definidos pelo Zé Ninguém (1)) e ainda verificar se tem mais alguém retirado da lista dos 1.600 homens públicos que os Irmãos Metralha alegam ter comprado.

Mas, não devia falar do Fachin? Dirá um leitor atento.

Sim, sim, desculpe.

Então, Fachin, parece-me que V.S.Il.mo foi afoito em “homologar” a gravação do Joesley/Batista, antes mesmo da perícia da Polícia Federal… isto é, antes de verificar se foi realmente gravado corretamente, e outras “cositas mais”.

Para que esta pressa toda? Achava talvez que o Presidente fugisse para o exterior? Talvez para Coreia do Norte que não tem tratado de extradição com o Brasil.

Entre tantas coisas que se espera do Supremo Tribunal Federal, se inclui primeiramente prudência e não afoiteza, ponderação e não precipitação.

Falhou nesses requisitos, Il.mo, fique registrado.

 

Nota (1)     No Livro “Cansei de Torcer pelo Brasil” do Zé Ninguém, explica-se os pressupostos do cálculo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *